Zurrar!Pelo génio de Bruno Nunes / Qui, 19 Abr, 2007 às 10:00

Neste sábado que passou a TVI decidiu não apostar em nenhum filme merdoso para o inicio da tarde, como usualmente faz. Blasfémia! dirão alguns, nós aqui no zurraria aplaudimos. E aplaudimos porquê?
Em primeiro lugar porque a razão desta mudança não se deveu a nenhuma gala ou espectáculo duvidoso nem a nenhum episódio das Tardes da Júlia. Ficamos contentes por isso. Em segundo lugar, porque se ficou a dever à estreia da série Heroes num horário que se tem vindo a mostrar cada vez mais competitivo entre os três canais generalistas de maior dimensão.
Havemos de falar de Heroes numa outra altura, limitando-me por agora a saudar a sua originalidade e arrojo na abordagem a um conceito sobre e mal explorado por Hollywood.
Parece que a partir de algum momento os três canais perceberam que os espectadores estão mais exigentes nos produtos que consomem, e as séries de tv são o exemplo perfeito. No mesmo sábado passado tínhamos Prison Break na rtp1, Ugly Betty na SIC e Heroes na TVI. Tudo ao mesmo tempo. Caso raro, visto que a TVI prefere passar as melhores séries durante a madrugada, numa clara falha de programação ou como gosto de pensar sobre a TVI, numa bem sucedida acção de desinformação, se é que as séries são informação.
Chegamos assim ao assunto que conduziu a este post.
Geralmente às terças-feiras deixo o vídeo a gravar pela noite dentro a emissão da TVI com o propósito de posteriormente assistir ao episódio semanal de outra grande série que é desconhecida para a grande maioria do público português, The Shield, ou O Protector, como quiserem, também ela exilada nos confins da madrugada.
Acontece que desta vez a série de comédia exibida a seguir ao The Shield não foi o That 70's Show, como já vinha sendo tradição. Parece que para substituir esta magnífica série de comédia, também ela sub-aproveitada, a TVI começou a transmitir Arrested Development, em tradução portuguesa - "de mal a pior".
A série foi lançada em DVD há pouco tempo, sensivelmente na mesma altura que a primeira temporada do My Name is Earl, transmitido, e bem transmitido pela rtp2. Dizem as críticas que é das melhores comédias que se fazem nos US of A por estes dias, e pelos dois episódios que vi até agora não posso contrariar de maneira nenhuma este sentimento generalizado.
Pergunto-me então por que raio aproveita a TVI tão mal estas séries. Desconfio que o problema da TVI é que o dia só tem 24 horas, e 20 delas estão reservadas para as telenovelas e reality shows.
Ainda bem que temos a rtp2, digo eu. Séries de qualidade a horas de qualidade, é só o que pedimos aqui no zurras.
Pensem nisto senhores da TVI: no tempo em que transmitem um filme do Steven Seagal dava para passar dois episódios de uma das muitas séries que teimam em exilar para as madrugadas. Não sou um perito em matemática, mas desconfio que isto iria criar espaço de sobra para televisão de qualidade.
Até lá, Arrested Development nas madrugadas da TVI, suponho que semanalmente.



Zurraria
Para além de ocuparmos espaço na net, não fazemos mais nada...
Zurras Mail
zurraria@gmail.com
Energúmenos
Bruno Nunes
David Fernandes
João Carvalho
Nuno Costa
Pedro Guerreiro
Pedro Martins
Zurras FM
Sites Catitas
Zurros no Curral

O último zurro

Zurras FM - Foge Foge Ban...

Um belo par...

O adeus...

A morte anunciada do Fest...

Lily Allen prepara novo á...

Foto-Galeria Record

M.I.A - Paper Planes

"...if you're epileptic, ...

Dead Combo no Lux - falto...

Palha Antiga

Abril 2009

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds