Zurrar!Pelo génio de Bruno Nunes / Qui, 31 Jan, 2008 às 21:42


Chega um tipo a casa depois de uma tarde de futebolada com a rapaziada e dá de caras com a notícia choque de que o Maradona pediu desculpa aos ingleses pela "Mão de Deus".
Caraças pá, é coisa para estragar por completo o humor de uma pessoa. Então el Pibe, mestre da matreirice e da raça argentina vem agora, qual madalena arrependida dizer isto?: "Se pudesse desculpar-me, viajar atrás no tempo e mudar a história, não hesitaria."
Hoje, dia 31 de Janeiro de 2008 é um dia triste para o futebol mundial. O Diego Armando Maradona incómodo para a FIFA e para os senhores do futebol foi-se abaixo, ou então pediu férias  antes de responder às perguntas do periódico inglês The Sun.
Não obstante, continuo na dúvida se  Maradona terá mesmo proferido tais afirmações, muito por culpa da fraquinha reputação do The Sun  nos domínios da verdade. Espero sinceramente que  não tenha dito, ou se disse não estava na sua perfeita saúde mental, de certeza.
A "Mão de Deus", primeiro golo marcado contra a Inglaterra no Mundial 86 fez antever uma noite de glória para as hostes argentinas, uma noite de revanche, de explosão, de vingança mesmo. Apareceu antes do melhor golo de todos os tempos, mas disputam os dois por certo o lugar de golo mais marcante da história do futebol. Enquanto que  no segundo golo Maradona devastou sozinho a equipa britânica pondo no relvado a paixão, a magia e a arte futebolística do Mar del Plata , simbolizando o que de bom e bonito tem o futebol, o primeiro golo, a "Mão de Deus" serviu para humilhar os ingleses, retribuindo a humilhação sofrida pelo povo argentino  aquando da derrota na guerra das Malvinas.
Ambos são ainda hoje intragáveis  para o futebol inglês, não sendo de bom tom sequer mencionar a argentina  em qualquer estádio.
A "Mão de Deus" é o maior insulto de todos os tempos, um manguito maior que a humanidade, imagem do futebol de rua jogado pelo povo para o povo, um presente de Maradona para todos os sorrateiros idealistas e sonhadores. É futebol com sarcasmo. É futebol com ironia. É futebol
Não aceito o pedido de desculpas de Maradona. A "Mão de Deus" não me ofende, eu gosto de futebol.

"Ahora sí puedo contar lo que en aquel momento no podía, lo que en aquel momento definí como "La mano de Dios"... Qué mano de Dios, ¡fue la mano del Diego! Y fue como robarle la billetera a los ingleses también..."
Maradona (2000)



Comentários:
De Nuno Costa a 31 de Janeiro de 2008 às 23:10
Ainda o Postiga também pede desculpas pelo golo com a mão aos sub21 ingleses, e o Ronny pede desculpas ao Paulo Bento pelo célebre golo do Paços em Alvalade. O Maradona devia era pedir desculpa por ter humilhado meia equipa no segundo golo... isso sim...


Comentar post

Zurraria
Para além de ocuparmos espaço na net, não fazemos mais nada...
Zurras Mail
zurraria@gmail.com
Energúmenos
Bruno Nunes
David Fernandes
João Carvalho
Nuno Costa
Pedro Guerreiro
Pedro Martins
Zurras FM
Sites Catitas
Zurros no Curral

O último zurro

Zurras FM - Foge Foge Ban...

Um belo par...

O adeus...

A morte anunciada do Fest...

Lily Allen prepara novo á...

Foto-Galeria Record

M.I.A - Paper Planes

"...if you're epileptic, ...

Dead Combo no Lux - falto...

Palha Antiga

Abril 2009

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds