Zurrar!Pelo génio de Bruno Nunes / Qui, 08 Nov, 2007 às 20:06

Num post que deveria ter sido escrito há mais de duas semanas, por altura da estreia do filme em território nacional, venho agora falar-vos sobre Knocked Up (recuso-me a usar o título português).
Aliás, o título em português deveria ter sido "Um Filme do Caraças!", isso sim. Judd Apatow fez mais e melhor, no que aparenta ser uma curva evolutiva muito jeitosa, de Freaks & geeks até à bomba que se prepara para explodir no próximo ano, apelidada de Walk Hard: The Dewey Cox Story.
Seja a produzir, escrever ou realizar, o homem anda imparável. Aquilo a que muitos chamam filmes brejeiros com piadas fáceis sobre "you know how I know you're gay?" e cócó é comédia. É comédia até ao tutano, na exploração do ridículo partilhado de forma comum pela faixa etária retratada nos filmes. Ou vão-me dizer que as piadas e os skits em Virgem aos 40 anos ou em Superbad estão completamente fora da realidade?
A juventude deste mundo sabe do que falo. Juntem-se dois ou três e a brejeirice vem logo ao de cima. Vocês sabem do que eu estou a falar. A próxima vez que passarem por um grupo de jovens entre os 15 e os.. vá lá... 30 e poucos anos e os virem a rir, fiquem a saber que se instalou ali a palhaçada.
Assim é em Knocked Up. Aquele grupo da rapaziada que sucumbe ao sindrome de "pink eye" não é estranha à nossa sociedade, eles são a nossa sociedade.
Judd Apatow faz filmes com a malta amiga, o que é logo meio caminho andado para se criarem coisas bonitas, a não ser no caso do Steven Seagal, onde nada se cria, tudo se destrói.
Vão ver um episódio de Freaks & Geeks, o primeiro projecto a sério de Apatow. Metade desta malta está lá, incluindo Seth Rogen, o tipo que engravida a Katherine Heigl. Ora a isto se chama fazer filmes em família. Pois que façam muitos.
Ainda assim, tenho que dizer que para mim, Paul Ruud volta a estar muito perto de roubar o filme com a mesma pinta de sempre. Impecável. Dá gosto ver malta a fazer comédia com tanta qualidade, e olhem que não há por aí muitos.
Não posso terminar o post sem referir a banda sonora criada para ou com a inspiração do filme. Tenho ideia de que o Markl terá mencionado isto há alguns meses, provavelmente pela altura em que o filme estreou nos EUA, mas nunca é de mais falar de coisas de qualidade. Loudon Wainwright III criou uma pequena obra de arte musical a que deu o nome "Strange Weirdos". Ouçam duas músicas no myspace do homem e depois venham-me dizer se aquilo não é do melhor que se faz por aí.Só por si já o nome do álbum já é delicioso, e assenta que nem uma luva no argumento de Knocked Up


Zurraria
Para além de ocuparmos espaço na net, não fazemos mais nada...
Zurras Mail
zurraria@gmail.com
Energúmenos
Bruno Nunes
David Fernandes
João Carvalho
Nuno Costa
Pedro Guerreiro
Pedro Martins
Zurras FM
Sites Catitas
Zurros no Curral

O último zurro

Zurras FM - Foge Foge Ban...

Um belo par...

O adeus...

A morte anunciada do Fest...

Lily Allen prepara novo á...

Foto-Galeria Record

M.I.A - Paper Planes

"...if you're epileptic, ...

Dead Combo no Lux - falto...

Palha Antiga

Abril 2009

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds