Zurrar!Pelo génio de Pedro Guerreiro / Ter, 16 Out, 2007 às 13:16

O Prós e Contras, dedicado à Guerra [Colonial], na sequência da série documental "Guerra" de Joaquim Furtado, foi assustador. Mais do que aquilo que se esperaria, informando desde já, que Jaime Nogueira Pinto era convidado.
Agora, no que eu não acreditaria era que Jaime Nogueira Pinto seria relativamente moderado, se comparado a um coronel que lá andava invocando: "Se o Alaska e Porto Rico podem ser dos EUA, nós não podemos ter Angola, Moçambique e Guiné?".
Jaime Nogueira Pinto também me deixou perplexo. Diz ele que a Guerra Colonial interferiu com a sua formação ideológica. Seria à altura, à esquerda, e a Guerra Colonial fê-lo (expliquem-me...) de direita e nacionalista.


Comentários:
De Zé da Burra o Alentejano a 16 de Outubro de 2007 às 15:14
Não tenho qualquer complexo de Portugal ter sido um País colonialista: A Inglaterra tem Gibraltar (no Sul de Espanha), as Malvinas (na costa da Argentina)...; a França tem a Guiana Francesa (na América do Sul) e várias ilhas no pacífico; tal como os EUA. Porque não são considerados colónias? As suas metrópoles estão geográficamente tão longe.

É claro que Portugal não se pode comparar com qualquer uma daquelas potências atómicas e o facto de ainda lhe ser permitido manter a administração da Madeira e dos Açores já deve ser para nós um motivo de muito orgulho.

Na realidade, quando terminou a 2.ª Guerra Mundial o mundo ficou ainda em "Guerra Fria" e quer um quer outro dos países dominantes desses blocos, EUA e Russia "estavam de olho" nas nossas Colónias ou Províncias Ultramarinas e iriam procurar que ficassem sob a sua esfera de influência, por isso ainda que Portugal tivesse abandonado aqueles territórios, a guerra continuaria neles, tal como aliás veio a acontecer até ao fim da "Guerra Fria".

No entanto Portugal não seria capaz de manter indefenidamente a situação e melhor seria que tivesse preparado a sua saída para que não fosse tão dramática.

Poderia ter sido ainda bem pior: Se as independências se tivessem dado por via de derrotas militares, seria de esperar-se um verdadeiro "banho de sangue" e nem a língua portuguesa teria ficado como língua desses países. Nem teríamos ficados com umas boas relações diplomáticas, como as que hoje existem entre Portugal e os PALOPs. Os Portugueses poderão, se o desejarem, apostar nesses países, investirem e trabalharem lá. Existem boas relações comerciais. Que mais querem? viajar na "máquina do tempo" e voltar ao passado?




De Pedro Guerreiro a 16 de Outubro de 2007 às 21:26
Zé da Burra o Alentejano:

Eu não tenho qualquer complexo por Portugal ter sido país colonialista. Como diz, há países que o foram e são, ainda, de certa forma.

Mas sou complexado pelo Portugal Salazarista, pelas decisões que dele advieram, pelos portugueses que morreram em África, pelos que voltaram mutilados.
O meu complexo é a inferioridade dos antigos portugueses colonizados, pretos e afins.

O meu complexo é o de que Salazar enviou, consciente, para a morte milhares e milhares de compatriotas.

O meu complexo é haver portugueses que ainda acreditam neste Portugal.




De Zé da burra... a 17 de Outubro de 2007 às 11:26
O apoio ao seu comentário está implícito quando disse:

"...No entanto Portugal não seria capaz de manter indefinidamente a situação e melhor seria que tivesse preparado a sua saída para que não fosse tão dramática..."




De Zé da Burra o Alentejano a 16 de Outubro de 2007 às 16:49
Neste tipo de programas nada se aprende e acredito até que o objectivo é mesmo esse: servem para nada esclarecer e apenas de passatempo!

Assisti a vários deste programas e noto muitas vezes que quando o orador quer concluir a sua explanação a palavra lhe é retirada e entregue a outro comentador ou simplesmente lhe é formulada uma nova questão.

Eu aconselharia a que os oradores confrontados com esta situação se levantassem e se retirassem do debate. Já vi alguns ameaçarem fazê-lo e consta que outros já o fizeram mesmo.


Comentar post

Zurraria
Para além de ocuparmos espaço na net, não fazemos mais nada...
Zurras Mail
zurraria@gmail.com
Energúmenos
Bruno Nunes
David Fernandes
João Carvalho
Nuno Costa
Pedro Guerreiro
Pedro Martins
Zurras FM
Sites Catitas
Zurros no Curral

O último zurro

Zurras FM - Foge Foge Ban...

Um belo par...

O adeus...

A morte anunciada do Fest...

Lily Allen prepara novo á...

Foto-Galeria Record

M.I.A - Paper Planes

"...if you're epileptic, ...

Dead Combo no Lux - falto...

Palha Antiga

Abril 2009

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds